Errantes (Título Provisório) – 2011 – 2012 – 2013

0
192

Intitulado “[Errantes] (título provisório)” este projeto reniu um time de profissionais empenhados em fazer algo marcante e significativo, pois este é fruto do projeto “GTT 15 anos em cena”, comemorando os 15 anos do grupo. O projeto contou com o apoio do Fundo Municipal de Assistência à Cultura.

O espetáculo surgiu desta união de artistas e a partir das leituras e dos estudos do “Hamlet”, de Shakespeare, contaminados por sua escrita, suas personagens e situações, chegaram a três figuras: um rapaz, uma mulher e um homem. E é a partir desse núcleo e de relações possíveis dentro e fora dele, que o GTT tenta propor discussões que julga importantes nesse momento de sua trajetória.

Para tanto o projeto trouxe de volta atores que integravam o grupo, bem como teve adesão de novos atores que entraram naquele ano. O elenco composto por Bruno Zepelini, Juliana Gobbo e Marcelo Porqueres, Direção e Iluminação de Tiago Luz, Dramaturgia e Sonoplastia de Erico Gomes, Direção de Arte de Otavio Delaneza, Preparação de Elenco de Rodrigo Batista, Operador de som – Gustavo Zanetti, Operadora de luz – Beatriz Torres, e a comunicação de Fábio Gianfratti.

Como forma complementar do projeto e para trazer a comunidade e interessados em geral para mais perto do fazer teatral o GTT ofereceu palestras e oficinas gratuitas. O objetivo era é a aproximação e reflexão teórica do teatro, através das palestras, enquanto as oficinas traduziram, de forma prática, a possibilidade de experimentação e reflexão de questões relativas ao ofício do teatro.

O espetáculo “Errantes – título provisório” estreou dia 13 de agosto no Fábrica das Artes e ficou em cartaz até dia 11 de setembro no espaço Fábrica das Artes.

Anúncio