Fábrica completa 17 anos

0
166

Espaço Cultural Fábrica das ArtesFundado em 2001, o Espaço Cultural Fábrica das Artes completa nesta sexta-feira, 8 de junho, 17 anos de história. E para comemorar com grande estilo faremos uma exposição fotográfica “17 Anos Fazendo Arte” no saguão do espaço, a partir deste sábado (9) às 20h, que permanecerá durante o horário de funcionamento dos eventos nos meses de junho e julho.

Fachada do Fábrica quando foi inaugurado em 2001, pintada pelo artista plástico Osvaldo Anzolin.

Não perca! Serão 17 fotos impressas com a curadoria da fotógrafa, Tatiana Sajorato, que também é atriz e integrante do GTT – Grupo Teatral Ta´lento, mantenedor do espaço. Além disso a exposição vai conter curiosidades sobre o Fábrica nestes anos todos e fotos projetadas na parede, durante um grande brinde do grupo. Participe! A entrada é gratuita no ticket cultura, uma urna estará localizada para quem quiser contribuir com a Associação, que é sem fins lucrativos, e todo valor arrecadado é investido nele mesmo para promover a cultura.

O Fábrica das Artes, desde que surgiu em Americana, o se tornou na mais notável opção de lazer cultural do município, produzindo e sediando os principais espetáculos de teatro da cidade.  Em seus 17 anos de atividades, o Fabrica realiza em média 70 eventos por ano entre apresentações de teatro, dança, música, cinema, além de exposições, palestras, oficinas e workshops, com público aproximado de 80 mil espectadores. Nos últimos anos o Fábrica tem recebido diversos espetáculos de teatro, financiados pelo governo do Estado via Programa de Ação Cultural – ProAC. As apresentações são oferecidas ao público a preços populares ou sem cobranças de ingressos.

O Teatro Fábrica das Artes é composto de uma sala de espetáculos climatizada com capacidade para 100 pessoas sentadas, dotada de palco, plateia e equipamentos de som, iluminação e vestimenta cênica. Há também uma área reservada para camarim, saída de emergência, Hall de entrada, com guarda livros, bomboniere e sanitários.

O Fábrica é mantida pelo Grupo Teatral Talento – GTT, o coletivo teatral com 23 anos de atividades e 19 espetáculos montados. Desde 2009, o Fábrica se orgulha em ser uma Associação Cultural sem fins lucrativos e a partir de 2013, tornou-se uma Entidade de Utilidade pública, pela lei 5.471/2013.

Americana Mostra 2013. Foto: Juarez Godoy

O GTT e o Fábrica das Artes são os criadores do projeto “Americana Mostra” um festival consagrado que movimenta a classe artística da cidade, além de oferecer ao público opções de cultura gratuita ou a preços populares. De 2010 a 2018 foram nove edições reunindo mais de 135 atrações, com público superior a 9 mil pessoas.
No período de 2007 a 2012 realizou a “Mostra de Cenas Curtas” reunindo grupos de teatro de todo o estado de São Paulo.

Mantém desde 2004 o Curso Livre de Teatro com montagem de 58 espetáculos com alunos, formando mais de 700 atores e atrizes.

Em 2014 foi contemplado com o Prêmio Edital 26/2014 do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado – ProAC, que permitiu ao espaço melhorias nos sistemas de som e iluminação.

SOBRE O GTT
Fundado em 15 de março de 1995, o GTT – Grupo Teatral Ta´lento é o segundo grupo mais antigo da cidade de Americana e sua trajetória de sucesso é atestada pelo reconhecimento por parte do alvo primordial do grupo: O Público.

Com histórico de formação de atores, diretores e dramaturgos, voltados essencialmente para a arte e a cultura, o GTT tem realizado pesquisas nas diferentes vertentes teatrais ao longo de sua história, agregando conceitos e experiências na busca permanente da valorização da arte enquanto instrumento de formação social e profissional.

A comédia, o drama, a tragédia, o teatro de rua, o teatro experimental e o teatro popular compõem o repertório do grupo, que não se prende a uma única linha de pesquisa. O GTT busca o novo sem perder as raízes. A essência do trabalho está no respeito à qualidade e a estética.
Com profissionalismo e ousadia, autores nacionais, do teatro alemão, do teatro clássico japonês e do teatro grego já ganharam vida nas montagens realizadas pelo GTT, rendendo ao grupo inúmeros prêmios em festivais e mostras.

Entre os principais trabalhos do grupo, destaque para as comédias “O fantasma da roça”, “Para rir com Veríssimo”, “O Principe”, a tragédia “Édipo Rei” e os Dramas “O Julgamento”,”Sobre-Vivências”,”Pluma e a Tempestade”, “Um Retrato das Três Irmãs”, “Presepada”, “Viva a Revolução” e “O Palhaço Sou eu”.

Anúncio