16.9 C
Americana
domingo, 2 outubro, 2022
Início Notícias E O SOL AVERMELHOU

E O SOL AVERMELHOU

A Cia Arte Móvel, de Santa Barbara d’Oeste é a atração no palco do Fábrica das Artes no final de semana. A companhia apresenta o premiado espetáculo E o Sol Avermelhou nos dias 13 e 14 de agosto, sábado e domingo às 20 horas. Os ingressos antecipados estão sendo vendidos a 20 reais. Informações 99263.7088

O espetáculo E o Sol Avermelho conta a história de uma pequena família de retirantes que migra de vilarejo em vilarejo em busca dos bens naturais perdidos. Andam, perambulam e caminham os andejos. No curso dessa vereda avistam um místico povoado onde descobrem que somente a filha da terra poderá restaurar o equilíbrio e salvar a humanidade. E nós, tratamos de responder com esse espetáculo.

A MONTAGEM
E o Sol Avermelhou” tem como ponto de partida para a criação a obra “Os Retirantes” de Cândido Portinari. Nela, a secura estampada e o sofrimento nos olhos indicam uma trajetória de calor e poeira enfrentada pelos andantes. O sol, que na obra já aparece esquálido, no espetáculo revela-se avantajado e ardente, como se desvendasse o passado daquelas figuras, ou desse a elas, uma nova jornada. Ali, a alegria resiste e torna-se canção. O Sol, avermelhando impulsiona a caminhada a um espaço de vida e harmonia: o povoado de Patchamama.

Ali, muitos mistérios, canções e reflexões virão à tona. Toda a concepção é delineada por tudo aquilo que é simples e singelo, recobrando a memória de uma vida plena.

Essa obra artística vai muito além da urgente tomada de consciência ambiental, é um chamado ao equilíbrio da vida humana em comunhão com a natureza. Tudo realizado de forma cuidadosa, de modo que a estética rebuscada, a linguagem acessível e a relevância temática culminam num teatro que cumpre essencialmente seu papel provocador.

FICHA TÉCNICA

Espetáculo: “…E o Sol Avermelhou”
Concepção e direção: Otávio Delaneza
Dramaturgia: Denis Espanhol
Trilha Sonora Original: Giovanni Bonfim
Cenografia: Otávio Delaneza e Vinícius Pestana
Confecção de painéis: Ateliê Sérgio Fronza
Costura: Dulce Pestana
Figurinos: Otávio Delaneza
Costura: Catarina Pizol, Marlon Pizol e Dulce Pestana
Elenco: Brunna Oliveira, Gabriel Mazon, Lays Ramires e Vinícius Pestana
Direção de Produção: Lays Ramires
Produção Artística: Lays Ramires
Designer gráfico: Bruno Cardoso
Produção Executiva: Cooperativa Paulista de Teatro

Financiamento para a criação da obra: Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, PROAC LAB e Cia Arte-Móvel com recursos da Lei Aldir Blanc
CLASSIFICAÇÃO: LIVRE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
- Ajude a manter o espaço -

Most Popular

Recent Comments