21.6 C
Americana
sexta-feira, 24 maio, 2024
Início Site

ESPETÁCULO GRATUITO ABRE PROGRAMAÇÃO 2024 DO FÁBRICA

0

O espetáculo Mãe sou Queer, da Cia da Entropia, de São Jose dos Campos, que traz a temática LGBTQIA+ abre oficialmente a agenda de eventos do Fábrica em 2024. A apresentação gratuita acontece no sábado, dia 24 de fevereiro, às 20h. Ingressos devem ser reservados pela plataforma de ingressos Sympla. Clique aqui para acessar e fazer sua reserva.

O espetáculo, que foi aprovado com recursos do Programa Ação Cultural (ProAC 2022), da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, é uma realização da Cia da Entropia, de São José dos Campos, e tem o apoio gestor da Cooperativa Paulista de Teatro.

O espetáculo
São duas personagens em cena (uma mãe solo e sua filhe). A filha interpretada pela atriz Guia, que faz parte da comunidade queer, e a mãe interpretada pela atriz Simone Sobreda, que é mãe de uma filha bissexual.

As duas já estiveram juntas em outros encontros de trabalho e, a partir destes encontros e de muitas conversas, decidiram contar suas histórias que, aliás, se mistura com histórias de diversas mães e filhes.

A peça vai escancarar que, embora pensamentos referentes a gênero e suas performances tenham passado por transformações substantivas ao longo da história, a sexualidade e gênero ainda são encarados como grandes tabus. Um assunto velado, principalmente, no âmbito familiar, devido à sua organização heteronormativa.
No entanto, essa delimitação dos papéis de gênero e suas expectativas passa a ser repensada por corpos que desobedecem às normas.

O que é ser diferente no vestir, no agir, na expressão do próprio ser?
O texto destaca também temas referentes às causas atribuídas à sexualidade desses filhes e a superação de preconceitos.

Será que o que entendemos sobre o amor seja só apego aos nossos ideais?
A peça tem dramaturgia colaborativa entre as atrizes e o diretor Diogo Cábuli, com provocações de Henri Ferraz.

“Essa obra foi gerada por muitos seres incríveis, fazedores da arte e “queermeras” da vida. Tivemos que girar muitas engrenagens para que esse trem desse a partida e nos encontramos, muitas vezes, suspensos a mais de mil metros do chão, buscando o melhor caminho para se contar essa história. O processo colaborativo realizado por pessoas, na sua maioria queers, se fez potente e desafiador. Nesse caminho foi necessário dar um salto, para além das bolhas que vivemos”, disse Diogo.

Veja também: CURSO LIVRE DO FÁBRICA TEVE INICIO EM FEVEREIRO

Cia da Entropia
A Cia da Entropia nasceu oficialmente em 2018, em São José dos Campos, da união das experiências da atriz Simone Sobreda em produção e atuação, e de Elton Dietrich, em administração e gestão financeira.

A Cia da Entropia faz uso de estruturas do teatro contemporâneo, documental e narrativo para trazer em seus processos os temas sociais e políticos que impulsionam seus criadores na vida e no fazer artístico.

A entropia é uma variável de estado da termodinâmica que é popularmente associada ao conceito de desordem. O nome foi escolhido, portanto, devido ao caos interno e externo que coabitam os artistas e que, a partir dessa desordem, transformam-na em arte.

“Mãe, sou Queer!” –
24 de fevereiro – Sábado, 20h
Fábrica das Artes – Americana
Entrada Franca
Informações: 19 – 98838-1990

20ª TURMA DO CURSO LIVRE DO FÁBRICA COMEÇA HOJE, 03 DE FEVEREIRO

0
20ª Turma do Curso Livre de Teatro começa neste sábado, 03 de fevereiro com 80 alunos.

Tem início neste sábado, 03 de fevereiro a 20ª Turma do Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes. Com o mesmo formato dos anos anteriores, o curso reúne quatro turmas de alunos, divididos por idades a partir dos 8 anos.

O Curso é anual com início em fevereiro, estendendo-se até dezembro. São 11 meses de atividades com um encontro semanal de três horas (exceto a turma infanto-juvenil cujo tempo de aula é de 2 horas). Ao final do curso o aluno participa de um espetáculo (atuando ou fazendo parte da equipe) e recebe um Certificado.

20ª Turma do Curso Livre de Teatro começa neste sábado, 03 de fevereiro com 80 alunos.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes existe desde 2004, formando mais de 1.100 atores e atrizes. No Fábrica os alunos fazem aulas em um teatro com palco, camarim, iluminação e muito mais. E tudo isso a um custo que cabe no seu bolso, apenas R$150 reais mensais (para pagamento dentro do vencimento), após o vencimento o valor vai a R$ 170,00.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica disponibiliza 4 turmas de alunos.

Turma 1 – Infanto-Juvenil (alunos de 8 a 12 anos)
Reuniões toda segunda feira, das 18h30 as 20h30

Turma 2 – Juvenil (alunos de 13 a 17 anos)
Reuniões toda terça feira das 19h às 22h

Turma 3 – Adulta I (alunos a partir de 18 anos)
Reuniões todo sábado, das 09h às 12h

Turma 4 – Adulta II (alunos a partir de 18 anos)
Reuniões toda quarta feira, das 19h às 22 horas.

PERGUNTAS FREQUENTES
1 – A quanto tempo existe o curso de Teatro do Fábrica?
R – Desde 2004. Já foram formados mais de 1.100 alunos.

2 – Quem ministra as aulas?
R. São profissionais com formação na área de artes cênicas, com larga experiência em teatro. Clique aqui para conhecer os professores.

3 – O Curso de Teatro é gratuito?
R – Não. O Fábrica é uma instituição privada e necessitamos cobrar dos alunos para remunerar professores e manter o espaço em funcionamento. Por isso, praticamos uma taxa mensal de R$ 150,00

4 – O Fábrica oferece bolsas de estudos?
R – Sim. Pessoas comprovadamente em dificuldade financeira, podem se cadastrar no programa de bolsas que oferece descontos na mensalidade que vão de 20% a 50% do valor. No primeiro dia de aula, o aluno faz a opção pela bolsa e terá que preencher alguns formulários para comprovar a necessidade do desconto. Após análise de uma comissão nomeada pelo Fábrica, o aluno poderá conseguir o benefício.

5 – O Curso é profissionalizante? Emite DRT?
R – Não. O Curso do Fábrica é um curso livre (não profissionalizante). Emitimos aos que concluírem o curso um certificado de participação.

6 – Quantos alunos por turma?
R – Trabalhamos com um limite 25 alunos por turma.

7 – Os alunos participam de montagens teatrais?
R – Sim. Os alunos participam de uma atividade aberta ao público em julho e de uma montagem completa em dezembro.

Ainda tem dúvidas? Mande uma mensagem em nosso wattsapp (19) 3645-1990 (Link: https://bit.ly/3GVjwYs)

MOSTRA DE FORMATURA 2023 – ALUNOS AGITAM O FÁBRICA

0

Fim de ano vai chegando e com ele a correria para finalizar trabalhos, projetos, etapas. No Fábrica das Artes não é diferente! E o mais importante projeto do Fábrica, o Curso Livre de Teatro, chega ao final com um desfile de talentos em quatro espetáculos e quase 80 alunos.

O evento que é tradicional e costuma agitar o Fábrica nos finais de ano, chega em 2023 a 18ª Edição e acontece no período de 25 de novembro à 17 de dezembro, todo sábado e domingo, sempre às 20 horas com apresentações de quatro espetáculos diferentes – um para cada turma. Os ingressos antecipados estão a venda com os alunos ao preço de 20 reais.

A abertura da 18ª Mostra de Alunos 2023 acontece no dia 25 de novembro com o espetáculo Sonhos de uma noite de verão, da Turma Infanto-Juvenil, comandada pelo orientador Jotapê Antunes, às 20 horas com reprise no domingo, dia 26 no mesmo horário.

TURMA INFANTO JUVENIL

Sonho de uma Noite de Verão
de William Shakespeare

“Sonho de uma Noite de Verão” é uma adaptação da clássica comédia de Shakespeare, que ganha vida sob o céu estrelado pela Turma Infanto Juvenil do Fábrica das Artes. Nessa montagem de conclusão de curso, somos convidados a explorar o mundo dos sonhos e magia, onde as linhas entre realidade e ilusão se desfazem.

Na história, os personagens são conduzidos por uma floresta encantada, onde fadas travessas e poções mágicas influenciam o amor e a realidade. Ao longo da noite, os amantes são afetados por poções mágicas que os fazem questionar a verdadeira natureza do amor. E, no meio dessa confusão, a pergunta que ecoa é: quem sonhou tudo isso?

Esta é uma adaptação que busca mergulhar nos mistérios do amor, da ilusão e da criatividade. Venha se perder nesse labirinto de emoções, onde a imaginação é a bússola que guia os personagens e o público em uma jornada de sonhos e magia.

Orientação: Jotapê Antunes
Secretária: Juliana Gobbo

Elenco:
Mannuela de Barros Tartarotti
Gustavo Braga Bernardo
Tina Pop
Mika Star
Oliver Ramalho Rossetto
Lorenzo Toledo
Fernanda Morena
Cecília Godoy
Tina Terossi
Bá Oliveira
Lavinia de Paula
Isa Ziviani
Mariana Hikari.
Mary Claire
Lavíniah Abreu
Helena Rapanelli
Rafaela Turina
Helena Alexandre Freitas
May Teixeira.
Laura Nardi
Yasmin Pinhati
Davi Novato
Antonio Spinola


TURMA JUVENIL

Romeu e Julieta
de William Shakespeare

A segunda turma a pisar o palco do Fábrica na Mostra de Formatura é a turma juvenil, comandada pela orientadora Luciana Mizutani. O grupo trás à cena mais um clássico de Shakespeare, o mais famoso deles, o drama romântico Romeu e Julieta. As apresentações acontecem nos dias 02 e 03 de dezembro, sábado e domingo, as 20h.

Na cidade de Verona o antigo rancor entre nobres famílias mancha as ruas de sangue. De seus ventres surge um par de amantes que desafiam o destino e os conflitos familiares para viver um amor proibido. O amor floresce e rivalidades desabrocham nesse clássico que nos convida a testemunhar a história de um par de amantes marcados pelo trágico destino.

A turma juvenil traz à vida a eterna história do casal “Romeu e Julieta” em uma emocionante e inspiradora montagem teatral. Refletindo a paixão e o entusiasmo dessa obra-prima, esses jovens talentosos mergulham nas palavras do bardo inglês, explorando os desafios do amor proibido e das rivalidades familiares com uma energia contagiante.

Olhos e ouvidos atentos pois os suspiros, os conflitos e a beleza do amor juvenil ganham vida esta noite!

Direção: Luciana Mizutani
Texto: William Shakespeare
Adaptação: Isabel de Lourenzo
Figurino: Marlon Pizol
Secretaria: Luan Isaias

Elenco:
Mariana Leiva
Sabrina Andrade
Jenifer Fonseca
Brenda Mendes
Sther Vitorya
Malu Gibertoni
Ana Buttner
Malu Bernardo
Karen Dias
Livia Viana
Willian Banov
Jennifer Gabriel
Luis Oliveira
Beatriz Paro
Maria Eugênia Camargo
Lara Vorussi
Ian Miola
Clarinha Moraes
Thiago Miranda
Kaio Castelari
Felipe Castro


TURMA ADULTO I

VEREDA DA SALVAÇÃO
de Jorge Andrade

Na terceira semana da 18ª Mostra de Alunos do Fábrica, o elenco que estará em cena é formado pelos alunos da Turma Adulta I, comandada pelo orientador Marcelo Porqueres. O grupo sobe ao palco com um clássico da dramartugia brasileira o drama Vereda da Salvação, de Jorge Andrade. As apresentações acontecem nos dias 09 e 10 de dezembro, as 20 horas.

O ponto de partida para a escolha de um espetáculo da Turma Adulta I de Teatro, foi a religião. A escolha do texto foi “Vereda da Salvação “ de Jorge Andrade. Texto que tem uma densidade única e os personagens a flor da pele. Baseado em uma história real passada em Minas na década de 60.

Esse espetáculo é fruto de um trabalho dos atores e atrizes que mergulharam em um laboratório de pesquisa de templos de várias religiões, indo até esses lugares e vivendo experiências incríveis.

No Nordeste do Brasil, trabalhadores rurais se juntam a um grupo messiânico liderado por Joaquim, que acredita ser a reencarnação de Jesus Cristo. Ganhando poder sobre os camponeses, ele começa a perseguir aqueles que não prestam obediência absoluta.

Direção: Marcelo Porqueres
Secretaria: Luan Isaias

Elenco:
Kewin Lima
Sidarta Bardou
Larissa Leite
Michelle Godoy
Patricia Fávaro
Shofia Vieira
Amanda Gaspar
Ana Woinaroski
Eder Uchoa
Douglas Winder
Tatsu Freitas
Guilherme Andreoti
Guilherme Augustini
Paula Nacasaki
Bruna Alves


TURMA ADULTO II


PELE DE HOMEM
de Hubert e Zanzim

Fechando a18ª Mostra de Alunos do Fábrica das Artes, os alunos da turma Adulto II levam ao palco o espetáculo Pele de Homem, sob orientação de Bruno Cardoso. A turma se apresenta nos dias 16 e 17 de dezembro, sábado e domingo as 20 horas.

Pele de Homem” é uma adaptação do premiado quadrinho de Hubert e Zanzim, criada de forma colaborativa entre a equipe.

Na Itália renascentista, Bianca, uma jovem de boa família, está em idade de se casar. Seus pais lhe encontram então um noivo do seu próprio agrado. O casamento parece auspicioso, embora Bianca não consiga esconder sua frustração por ter de se casar com um homem que não conhece. Mas isso foi antes de ela descobrir o segredo guardado e legado, por gerações, pelas mulheres de sua família: uma “pele de homem”! Ao vesti-la, Bianca se torna Lorenzo, e passa a desfrutar de todos os atributos de um jovem incrivelmente belo. Ela agora pode visitar o mundo dos homens disfarçada e conhecer seu noivo em seu hábitat natural. Mas em sua pele masculina, Bianca rompe os limites impostos às mulheres e descobre o amor e a sexualidade.

Direção: Bruno Cardoso
Secretária: Juliana Gobbo
Iluminador: Bart

Elenco:
Amanda Maciel Silva
Ana Barbosa
Ana Clara Amorim
Beatriz Santarosa
Erik de Godoy
Fernanda Menezes
Franciele Buscarini
Henrique Wakimoto de Almeida
Luisa Sanches
Marianna Avanzi
Mariana Peroto
Mariline Silva
Monalisa Ayumi Ohara
Thamiris Andreoti
Victor Hugo Ribeiro
Vinicius Fires Garbero
Vinicius Frederico

ÚLTIMO “DRAMÁTICAS” DE 2023

0

O Projeto Dramáticas chega a última edição em 2023 com a leitura de Music Hall, texto de Jean Luc-Lagarce, dramaturgo Francês contemporâneo. O evento acontece nesta sexta feira, 10 de novembro, às 20 horas, com entrada gratuita. Reservas de convites pelo Whatsapp 19 3645-1990.

“Music Hall”
Como todas as noites, nesta cidade, como em todas as outras cidades, a “Mulher” vai representar a sua pequena história, contar o dia penoso que está terminando, a narrativa de diferentes humilhações e riscos diversos.

No palco, dois atores (Tiago Luz e Jotapê Antunes) e uma atriz (Juliana Gobbo), unem suas experiências de teatro para fazer um trabalho único.
A adaptação e direção é de Tiago Luz e a tradução de Alexandra Moreira da Silva.

Dramáticas é uma iniciativa do GTT/Fábrica das Artes, e tem por objetivo apresentar ao público leituras dramáticas de textos teatrais de autores consagrados. A primeira experiência foi com o GTT em 2022 com textos de Plínio Marcos. Na sequência veio o grupo Ethos e texto de Jean Paul Sartre. A terceira edição teve novamente o GTT com Gota D’água de Paulo Pontes e Chico Buarque. Depois foi a vez do Grupo Fínibus com textos de Sarah Kane. Logo depois veio uma coletânea de textos de Samuel Beckett sob direção de Gonzaga Pedrosa. A sexta edição teve como protagonistas o elenco do Grupo Ethos de Teatro, capitaneado pela diretora Claudia Viggiano e texto de Nelson Rodrigues.

Serviço
Projeto Dramáticas
Music Hall
10 de novembro – sexta – 20h
Entrada Franca

PROJETO DRAMÁTICAS TEM ATORES CONVIDADOS E TEXTOS DE BECKETT

0

O Projeto Dramáticas, uma iniciativa do GTT/Fábrica das Artes, chega a quinta edição neste mês de agosto e vem com novidades e atrações de peso. O evento denominado Começar a Terminar terá leituras de textos do dramaturgo irlandês Samuel Beckett e a participação dos atores e diretores paulistanos Clóvis Gonçalves e Gonzaga Pedrosa, alem de convidados de Americana e acontece na sexta feira, 18 de agosto, às 20 horas no Fábrica, com entrada gratuita.

Veja também: Clóvis Gonçalves (Verdades Secretas – Globo) estará no Fábrica em agosto

A diferencial dessa edição do Dramáticas está no formato como foi concebida. Nas quatro edições anteriores um coletivo teatral se encarregou de construir a leitura e levar ao palco. A primeira experiência foi com o GTT em 2022 com textos de Plínio Marcos, passando pelo grupo Ethos e texto de Jean Paul Sartre, novamente o GTT com texto de Paulo Pontes e Chico Buarque, e por último o Grupo Fínibus com textos de Sarah Kane. A quinta edição terá a direção de Gonzaga Pedrosa e a participação de Clóvis Gonçalves, Marcelo Porqueres, Juliana Gobbo, Walfredo Soares, Luciana Falasca e Aline Silva.

COMEÇAR A TERMINAR é uma colagem de trechos de diversos personagens de diferentes origens e épocas de Beckett: prosa, verso e teatro, que formam um monólogo dramático. Um fio condutor permeia os assuntos discutidos: a morte e a iminência do fim.

Para compor essa leitura dramática, seis atores e atrizes irão se revesar num jogo de personagem e personalidade para apresentar um homem solitário e multifacetado do universo beckettiano.

Texto
Samuel Beckett
Direção
Gonzaga Pedrosa
Elenco
Clóvis Gonçalves
Juliana Gobbo
Marcelo Porqueres
Luciana Falasca
Walfredo Soares
Aline Silva

Quando
18 de agosto às 20h
Onde
Teatro Fábrica das Artes
Faixa etária
14 anos
Quanto
Gratuito

CLÓVIS GONÇALVES (VERDADES SECRETAS – GLOBO) ESTARÁ NO FÁBRICA EM AGOSTO.

0

O premiado ator Clóvis Gonçalves, com longo currículo no teatro, cinema e televisão é a atração no Fábrica das Artes em agosto. Clóvis estará em Americana com o espetáculo Canovaccio para um Bufão-Rei nos dias 19 e 20, às 20h. Os ingressos antecipados estão à venda por 20 reais. Estudantes pagam 15 e na bilheteria o valor será 30 reais. Informações e vendas de ingressos: 19 – 3645-1990

Com dramaturgia de Alessandro Toller e direção de Gonzaga Pedrosa, o espetáculo é ambientado num tempo e num reino indefinidos, onde narrador-personagem, homem-bufão-rei-javali, se encontra sozinho e esquecido numa taverna vazia. Diante da constatação da sua insignificância, reflete sobre a vida, a sociedade e o poder. No alvo de suas críticas estão as estratégias políticas dos reis, que manipulam o povo, usurpam o trono e fazem de si a própria lei.

Clóvis Gonçalves – Foto: João Caldas

Clóvis Gonçalves
Com 40 anos de carreira, Clóvis tem no currículo cerca de 50 espetáculos como ator e diretor, alem de trabalhos de dublagem, teatro empresa, curta metragem, cinema e televisão com destaque para Telenovela: “Brasileiros e Brasileiras – SBT; “Chiquititas” –SBT; “Dois Corações” – Record; “Acampamento Legal” – Record; “Sândi e Junior” – Globo; “O Profeta” (Globo); “Pé na Jaca” (Globo); “Paraíso Tropical” (Globo); “Queridos Amigos” – 2008, minissérie (Globo); “Nove Milímetros” – Fox (série policial brasileira); “Uma Rosa Com Amor” (SBT); “Verdades Secretas” – (participação) Rede Globo – Dir. Amora (2022); “Independências” (participação) – TV Cultura Dir. Luiz Fernando Carvalho, (2022); Caso Verdade: “Quarto de Despejo” – Globo Programa: Pit Stop TV – Bandeirantes Comerciais: Mais de 1200, entre os mais recentes, 12 filmes para a Secretaria de Saúde de Brasília – “Saúde Responde”, “Super X Cap”, “Docol metais”, “Correio do Povo” – RS, ”Móveis Itatiaia”, “Coop” – SP, “Vipal”, “Ponto Frio”, Ford Fiesta, “Veja Desengordurante”, “Yakult”

Serviço
Teatro adulto – 60 minutos / 14 anos
Canovaccio Para Um Bufão-Rei
Com Clovis Gonçalves
Direção: Gonzaga Pedrosa
19 e 20 de agosto – Sab e dom 20h
Ingressos: 30,00 / Antecipado 20,00 / Estudantes 15,00
Informações e venda de ingressos 19 – 3645.1990

COMEÇA HOJE, 01 DE MARÇO A 19ª TURMA DO CURSO LIVRE DE TEATRO DO FÁBRICA

0
Turma de alunos de 2018

Começa nesta quarta feira, 01 de março a 19ª Turma do Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes – 2023. Os primeiros alunos a pisarem o palco do Fábrica são os integrantes da Turma Adulta II, comandada pelo orientador Marcelo Porqueres. A aula inaugural tem início às 19h.

Sábado, dia 04, é a vez da Turma Adulta I iniciar as atividades. O grupo comandado pelo orientador Bruno Cardoso inicia as atividades às 9h da manhã. As Turmas Infanto-Juvenil, comandada por Jotapê Antunes e Juvenil, sob orientação de Luciana Mizutani iniciam as atividades na segunda (6) e terça (7), respectivamente.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes é anual com início das aulas na primeira semana de março, estendendo-se até dezembro. São 10 meses de atividades com um encontro semanal de três horas (exceto a turma infanto-juvenil cujo tempo de aula é de 2 horas). Ao final do curso os alunos participam de um espetáculo (atuando ou fazendo parte da equipe) e recebe um Certificado.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes existe desde 2004, formando mais de 1.000 atores e atrizes. No Fábrica os alunos fazem aulas em um teatro com palco, camarim, iluminação e muito mais. E tudo isso a um custo que cabe no seu bolso, apenas R$130 reais mensais (para pagamento dentro do vencimento), após o vencimento o valor vai a R$ 150,00.
O Curso Livre de Teatro do Fábrica disponibiliza 4 turmas de alunos.

Turma 1 – Infanto-Juvenil (alunos de 8 a 12 anos) – Reuniões toda segunda feira, das 18h30 as 20h30 – Início das aulas dia 06 de março.
Turma 2 – Juvenil (alunos de 13 a 17 anos) – Reuniões toda terça feira das 19h às 22h. – Início das aulas dia 07 de março.
Turma 3 – Adulta I (alunos a partir de 18 anos) – Reuniões todo sábado, das 09h às 12h – Início das aulas dia 04 de março.
Turma 4 – Adulta II (alunos a partir de 18 anos) – Reuniões toda quarta feira, das 19h às 22 horas – Início das aulas dia 01 de março.

Ainda dá tempo de se inscrever para participar do Curso, clique aqui para fazer a inscrição ou ligue para 19 – 3645.1990 para mais informações e dúvidas.

CURSO DE TEATRO DO FÁBRICA: INSCRIÇÕES ABERTAS – TURMAS 2023

0

Estão abertas, a partir desta quarta feira, 01 de fevereiro, as inscrições para as turmas 2023 do Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes. As aulas terão início em primeiro de março e há vagas para alunos a partir dos 8 anos de idade, divididos em quatro turmas.

O Curso é anual com início das aulas na primeira semana de março, estendendo-se até dezembro. São 10 meses de atividades com um encontro semanal de três horas (exceto a turma infanto-juvenil cujo tempo de aula é de 2 horas). Ao final do curso o aluno participa de um espetáculo (atuando ou fazendo parte da equipe) e recebe um Certificado.

Alunos, professores e equipe do Fábrica, na cerimonia de formatura 2022

O Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes existe desde 2004, formando mais de 1.000 atores e atrizes. No Fábrica os alunos fazem aulas em um teatro com palco, camarim, iluminação e muito mais. E tudo isso a um custo que cabe no seu bolso, apenas R$130 reais mensais (para pagamento dentro do vencimento), após o vencimento o valor vai a R$ 150,00.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica disponibiliza 4 turmas de alunos.

Turma 1 – Infanto-Juvenil (alunos de 8 a 12 anos)Reuniões toda segunda feira, das 18h30 as 20h30

Turma 2 – Juvenil (alunos de 13 a 17 anos)
Reuniões toda terça feira das 19h às 22h

Turma 3 – Adulta I (alunos a partir de 18 anos)Reuniões todo sábado, das 09h às 12h

Turma 4 – Adulta II (alunos a partir de 18 anos)Reuniões toda quarta feira, das 19h às 22 horas.

Clique aqui para fazer a inscrição

PERGUNTAS FREQUENTES
1 – A quanto tempo existe o curso de Teatro do Fábrica?
R – Desde 2004. Já foram formados mais de 1.000 alunos.

2 – Quem ministra as aulas?
R. São profissionais com formação na área de artes cênicas, com larga experiência em teatro. Clique aqui para conhecer os professores.

3 – O Curso de Teatro é gratuito?
R – Não. O Fábrica é uma instituição privada e necessitamos cobrar dos alunos para remunerar professores e manter o espaço em funcionamento. Por isso, praticamos uma taxa mensal de R$ 130,00

4 – O Fábrica oferece bolsas de estudos?
R – Sim. Pessoas comprovadamente em dificuldade financeira, podem se cadastrar no programa de bolsas que oferece descontos na mensalidade que vão de 20% a 50% do valor. No primeiro dia de aula, o aluno faz a opção pela bolsa e terá que preencher alguns formulários para comprovar a necessidade do desconto. Após análise de uma comissão nomeada pelo Fábrica, o aluno poderá conseguir o benefício.

5 – O Curso é profissionalizante? Emite DRT?
R – Não. O Curso do Fábrica é um curso livre (não profissionalizante). Emitimos aos que concluírem o curso um certificado de participação.

6 – Quantos alunos por turma?
R – Trabalhamos com um limite 25 alunos por turma com obrigatoriedade de estarem com o ciclo vacinal contra a covid 19.

7 – Os alunos participam de montagens teatrais?
R – Sim. Os alunos participam de uma atividade aberta ao público em julho e de uma montagem completa em dezembro.

Ainda tem dúvidas? Mande uma mensagem em nosso wattsapp (19) 3645-1990 (Link: https://bit.ly/3GVjwYs)

Clique aqui para fazer a inscrição

FÁBRICA FECHA O ANO COM 44 EVENTOS E MAIS DE 3800 ESPECTADORES

0
Alunos, professores e equipe do Fábrica, na cerimonia de formatura 2022

A retomada do Fábrica das Artes no pós-pandemia não poderia ter sido mais significativa. O espaço, que como tantos, ficou fechado durante quase dois anos, retomou as atividades em 2022, promovendo 44 eventos abertos ao público, atraindo 3.861 espectadores, média de 87,75 pessoas por evento – Vale lembrar que a capacidade do fábrica é de 110 pessoas sentadas. Na contagem de eventos, não está incluso as 500 horas de trabalho no Curso Livre de Teatro.

Lançamento oficial do documentário “A Mão do Futuro”

O Teatro foi o evento com mais frequência no Fábrica. Foram 36 apresentações de teatro convencional e uma de teatro de bonecos. Houve ainda três eventos de leitura dramática, uma oficina de teatro, um show musical, um lançamento de livro e um lançamento de documentário, este último produzido pelo Fábrica das Artes, com recursos do Programa de Ação Cultural – ProAC do Governo do Estado de São Paulo.

Clique aqui para ver o documentário “A Mão do Futuro”, produzido pelo Fábrica

Alem dos eventos abertos ao público, outra retomada importante em 2022 foi o Curso Livre de Teatro do Fábrica. A cerimônia de formatura, que aconteceu no dia 14 de dezembro, reuniu 68 alunos e alunas de diferentes idades, que viveram a experiência das artes cênicas durante o ano todo com a equipe de professores do Fábrica. No período 4 espetáculos foram montados, gerando 8 apresentações abertas ao público com mais de 800 espectadores.

Formandos do Curso Livre de Teatro do Fábrica – 2022

O balanço feito pela diretoria do Fábrica é bastante positivo. “No início do ano a expectativa era grande, mas não sabíamos o que viria pela frente. No primeiro semestre o movimento começou tímido, mas aos poucos foi crescendo. Não esperávamos tanto depois de um período tão longo paralisados por conta da pandemia”, revela Carlos Justi, presidente do Fábrica.

Para 2023 a expectativa é que seja ainda melhor. Diversos projetos estão sendo gestados pelo Fábrica para oferecer ao público, opções variadas de lazer cultural como apresentações, mostras, oficinas etc.

TURMA PRÉ-ADOLESCENTE ABRE MOSTRA DE FORMATURA DO FÁBRICA

0

Cumprindo um ritual que já dura 17 anos, alunos do Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes são as estrelas da vez na Mostra de Formatura, que ocorre no período de 19 de novembro a 11 de dezembro no palco do Fábrica.

A primeira turma a compartilhar com o público o resultado do trabalho desenvolvido durante o ano são os Pré-adolescentes, comandados pelo Orientador Jotapê Antunes com o espetáculo Histórias de lenços e ventos. A estréia acontece no sábado, 19 de novembro com reapresentação no domingo (20), sempre às 20 horas.

Partindo da obra de Ilo Krugli, as crianças da turma se debruçam na narrativa da contação de histórias e propõem ao público uma aventura em seu quintal.
Os diversos personagens da obra são objetos que ganham vida para contar a fábula de um lenço de tecido que queria voar e acaba sendo aprisionado em um Reino de Metal.

Entre narração e criação de personagens, as crianças se dividem para conduzir essa história, possibilitando o imaginário de como seria o seu quintal interior?

Com base em jogos de improvisação e jogo simbólico, as crianças passam pela experiência de vivenciar um texto dramatúrgico sem perder a sensibilidade de transformar uma grande brincadeira em uma peça teatral.

Veja também: MOSTRA DE ALUNOS AGITA O FÁBRICA NO FINAL DE ANO
FÁBRICA LANÇA DOCUMENTÁRIO SOBRE VIOLÊNCIA INFANTIL

SINOPSE

Era uma vez um quintal de uma casa.
Era uma vez um lencinho azul que queria voar para o mais alto do céu.
Um dia esse lencinho azul pegou uma corrente de ar e foi parar no reino do Rei Metal Mau e lá ficou aprisionado.
Todos seus amigos voaram com o vento para tentar resgatar o lencinho azul nessa aventura.
Será que o lencinho azul voltará para o seu quintal?
Será que seus amigos vão conseguir salvar o lencinho azul?
Como será o final dessa história?

Convidamos vocês para reviver o seu quintal e se permitir que novas histórias nasçam todos os dias.

Será que mantemos vivos os nossos sonhos?

O elenco da turma Pré-Adolescente do Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes é composto por Ana Conrado, Davi Braz, Lua Luíza, Valentina Camargo, Rafaela Turina, Vitoca Laura Nardi, Lívia Alvez, Nanda Morena, Ceci Godoy, Lari Rodrigues, Lavínia Abreu, Maria Clara Piccoli De Carvalho, Ollie Rossetto, Guto Braga, May Bia Silva, La Kelson

Serviço:
17ª MOSTRA DE FORMATURA 2022
Histórias de lenços e ventos
Turma Pré-Adolescente
Orientador: Jotapê Antunes
19 e 20 de novembro – Sabado e domingo – 20h
Ingressos 19 – 97110-5257

FÁBRICA LANÇA DOCUMENTÁRIO SOBRE VIOLÊNCIA INFANTIL

0

A Associação Fábrica das Artes de Americana lança oficialmente no dia 10 de novembro, quinta feira, às 20 horas na sede da Associação o documentário A Mão do Futuro, um retrato sobre a violência infantil e suas consequências, produzido pelo Fábrica com recursos do Programa de Ação Cultural – Proac do Governo do Estado de São Paulo. A entrada é gratuita.

A violação dos direitos da criança e do adolescente em Americana especialmente durante a pandemia de Covid19, as experiências dos profissionais envolvidos no assunto e as providencias que estão sendo tomadas para mitigar o problema são abordadas no documentário que reúne depoimentos de especialistas da saúde, educação, desenvolvimento humano e conselho tutelar.

Com duração de 45 minutos , o documentário fala sobre os tipos de violência, como identificá-las, quais os procedimentos para cada situação e qual é o protocolo de atendimento e acompanhamento na cidade de Americana. Profissionais como Alcimara Silva Batalhão, Assistente Social da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano de Americana, Drª Lea Amabile, Técnica de referência em violência da Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde Americana, Elizabeth Brito, Pedagoga da Secretaria de Educação de Americana, Drª Rosa Maria Reis Sacilotto, Médica Pediátrica e Hebiatra e Rodrigo Miletta Souza da Rocha, Conselheiro Tutelar descrevem a rotina de acompanhamento e providencias nos casos notificados na cidade.

A Drª Lea Amabile e a pedagoga Elizabeth Brito
foram entrevistadas no Documentário A Mão
do Futuro, produzido pelo Fábrica das Artes

O documentário é fruto do projeto Fábrica Vive, contemplado com recursos do Programa de Ação Cultural – Proac do Governo do Estado de São Paulo. O Fábrica foi contemplado em 2021 com 50 mil reais que ajudaram a bancar a sobrevivência do espaço, depois de quase dois anos fechado, por conta da pandemia de Covid. Como contrapartida, o Fábrica se prontificou a criar um vídeo abordando o tema da Violência contra a criança e o adolescente, que, de acordo com números oficiais, teve um crescimento significativo durante a pandemia.

A Mão do Futuro propõem uma reflexão sobre o tipo de adulto que queremos no futuro. A mão pode tanto acolher como violar e isso é muito presente no cotidiano das famílias. A maior incidência de violações contra crianças e adolescentes ocorre dentro de casa, na maioria dos casos o violador é muito próximo da vítima.

Carlos Justi, diretor do documentário revela que após o lançamento oficial, o vídeo será disponibilizado no youTube para que escolas, igrejas, sindicatos, associações e a população em geral possam ter acesso ao conteúdo. “A idéia é que o documentário possa ser uma fonte de pesquisa, especialmente quanto aos procedimentos a serem adotados em caso de constatação de algum ato de violação dos direitos das crianças e adolescentes”, finaliza Justi. Clique aqui para ver o vídeo

SERVIÇO
Documentário “A Mão do Futuro”
Lançamento oficial – 10 de Novembro – Quinta – 20h
Fábrica das Artes – Rua Dr Cícero Jones 146 – Americana
Entrada Franca
Informações (19) 98838-1990

Fábrica retoma curso presencial de teatro

0

A 18ª Turma de alunos do Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes tem início nesta semana, de forma presencial, depois de 2 anos paralisada por conta da Pandemia de Covid 19.  Os primeiros alunos a pisarem o palco do Fábrica serão os alunos da Turma Adulta (acima de 18 anos), comandada pelo orientador Marcelo Porqueres. A aula inaugural acontece na quarta feira, 9 de março das 19 as 22 horas.

As inscrições que ainda estão abertas para as turmas pré-adolescente e adolescente tiveram início em 5 de março. Mais de 60 alunos fizeram as inscrições, superando as expectativas do Fábrica. As turmas adulta e de jovens e adultos já tem lista de espera. A turma pré adolescente – de 8 a 12 anos e de adolescentes, de 13 a 16 anos ainda tem vagas, mas a expectativa é que na próxima semana já estejam completas, para o início das aulas.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica disponibiliza 4 turmas de alunos.

Turma 1 – Pré-Adolescente (alunos de 8 a 12 anos)
Reuniões toda segunda feira, das 17h30 as 19h30

Turma 2 – Adolescentes (alunos de 13 a 16 anos)
Reuniões toda terça feira das 19h às 22h

Turma 3 – Jovens e adultos (alunos a partir de 17 anos)
Reuniões todo sábado, das 09h às 12h

Turma 4 – Adulta (alunos acima de 18 anos)
Reuniões toda quarta feira, das 19h às 22 horas.

O Curso é anual com início das aulas na primeira semana de março, estendendo-se até dezembro. São 10 meses de atividades com um encontro semanal de três horas (exceto a turma infantil cujo tempo de aula é de 2 horas). Ao final do curso o aluno participa de um espetáculo (atuando ou fazendo parte da equipe) e recebe um Certificado.

Veja também Fábrica abre inscrições para Curso de Teatro Presencial

Clique aqui para fazer a inscrição

FÁBRICA SEDIA LANÇAMENTO DE LIVRO

0

Moacir Romero, compositor, poeta e ex-vereador de Americana escolheu o Teatro da Associação Fábrica das Artes para o lançamento do seu primeiro livro,  Lembranças, Dores e Saudades – Memórias e Mentiras, inspirado no registro  de memórias de sua infância na cidade de Boracéia, SP, sua cidade natal. O evento acontece neste sábado, 19 de fevereiro, às 19h30 com entrada franca.

Autor de dezenas de poesias e canções sertanejas de gênero raiz ao longo de vários anos, escrever um livro foi o passo natural na linha do tempo que o levou a compilar as suas lembranças, ou, como prefere dizer sobre o livro, um “ajuntamento de letras”. O dia a dia na roça com o pai, o estudo primário, as músicas tocadas na Rádio que gostava de ouvir, os incríveis espetáculos de circo e os gibis que adorava ler, quando eram trocados por algumas frutas com os amigos.

Nem tudo, porém, é verdade no livro. Afinal, todo escritor tem lá sua criatividade aguçada e, às vezes, pincela a realidade. “Quando me atrevi a escrever, não sabia exatamente o que registrar, mas confesso que ao final me dei por satisfeito, nem tudo o que escrevi é verdade, mas em tudo que foi escrito, existe verdade”., admite.

Veja também: Fábrica Abre inscrições para Curso de Teatro presencial

 “Lembranças, Dores e Saudades – Memórias e Mentiras” retrata nos diversos episódios (48 textos) a vida simples do interior, fatos e imaginações. Além, é claro, de algumas mentiras, que são os textos criados através da imaginação, e que poderiam até ter acontecido, mas, em relação aos casos descritos, não ocorreram, embora, em alguns deles, fica a dúvida sobre se aconteceram, ou não. Nesse particular, Romero faz uma “Homenagem aos Mentirosos”. O texto com esse título é uma confissão sobre a sua condição de mentiroso, ao contar “quando o que relato não são coisas verdadeiras”.

Ao apregoar tal fato, busca salvar-se de uma eventual interpretação equivocada, recorrendo a “um grande mentiroso: Ariano Suassuna”, de O Auto da Compadecida, um dos clássicos da literatura brasileira. Está lá nos escritos de Moacir Romero, “que a mentira são histórias inventadas, apenas para provocar risos”. Por isso, “sou um mentiroso quando o que relato não são coisas verdadeiras”.

FÁBRICA ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSO DE TEATRO PRESENCIAL

0
Apresentação dos alunos no Fábrica das Artes

Estão abertas até o dia 05 de março as inscrições para o Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes temporada 2022. Os interessados em participar da 18ª Turma de alunos, que será presencial, devem fazer a inscrição preenchendo o formulário on-line, disponibilizado ao final deste post. As aulas tem início no dia 7 de março.

Turma de alunos de 2021

Qualquer pessoa pode fazer o curso, não é necessário ter experiência anterior. A única exigência é que seja alfabetizada e tenha completado o ciclo vacinal contra a Covid 19. O curso disponibiliza 4 turmas, com vagas para adultos, jovens, adolescentes e crianças a partir de 8 anos.

O Curso é anual com início das aulas na primeira semana de março, estendendo-se até dezembro. São 10 meses de atividades com um encontro semanal de três horas (exceto a turma infantil cujo tempo de aula é de 2 horas). Ao final do curso o aluno participa de um espetáculo (atuando ou fazendo parte da equipe) e recebe um Certificado.

Turma de alunos de 2018

O Curso Livre de Teatro do Fábrica das Artes existe desde 2004, formando mais de 1.000 atores e atrizes. No Fábrica os alunos fazem aulas em um teatro com palco, camarim, iluminação e muito mais. E tudo isso a um custo que cabe no seu bolso, apenas R$110 reais mensais (para pagamento dentro do vencimento), após o vencimento o valor vai a R$ 130,00.

O Curso Livre de Teatro do Fábrica disponibiliza 4 turmas de alunos.

Turma 1 – Pré-Adolescente (alunos de 8 a 12 anos)
Reuniões toda segunda feira, das 17h30 as 19h30

Turma 2 – Adolescentes (alunos de 13 a 16 anos)
Reuniões toda terça feira das 19h às 22h

Turma 3 – Jovens e adultos (alunos a partir de 17 anos)
Reuniões todo sábado, das 09h às 12h

Turma 4 – Adulta (alunos acima de 18 anos)
Reuniões toda quarta feira, das 19h às 22 horas.

Clique aqui para fazer a inscrição

Turma de alunos de 2017

PERGUNTAS FREQUENTES
1 – A quanto tempo existe o curso de Teatro do Fábrica?
R – Desde 2004. Já foram formados mais de 1.000 alunos.

2 – Quem ministra as aulas?
R. São atores e diretores, todos com formação na área de artes cênicas, com larga experiência em teatro, vinculados ao Fábrica das Artes e convidados de outras companhias teatrais da cidade.

3 – O Curso de Teatro é gratuito?
R – Não. O Fábrica é uma instituição privada necessitamos cobrar dos alunos para remunerar professores e manter o espaço em funcionamento. Por isso, praticamos uma taxa mensal de R$ 130,00, porém se o aluno pagar em dia, ele tem um desconto especial de R$ 20,00, pagando apenas R$ 110,00.

4 – O Fábrica oferece bolsas de estudos?
R – Sim. Pessoas comprovadamente em dificuldade financeira, podem se cadastrar no programa de bolsas que oferece descontos na mensalidade que vão de 20% a 50% do valor. No primeiro dia de aula, o aluno faz a opção pela bolsa e terá que preencher alguns formulários para comprovar a necessidade do desconto. Após análise de uma comissão nomeada pelo Fábrica, o aluno poderá conseguir o benefício.

5 – O Curso é profissionalizante? Emite DRT?
R – Não. O Curso do Fábrica é um curso livre (não profissionalizante). Emitimos aos que concluírem o curso um certificado de participação.

6 – Quantos alunos por turma?
R – Devido à pandemia, em 2022 vamos trabalhar com um limite 15 alunos por turma com obrigatoriedade de estarem vacinados e uso de máscara permanente durante as aulas.

7 – Os alunos participam de montagens teatrais?
R – Sim. Os alunos participam de uma atividade aberta ao público em julho e de uma montagem completa em dezembro.

Clique aqui para fazer a inscrição

Fábrica disponibiliza novo curso online

0

O projeto Artes Online do Fábrica das Artes está disponibilizando a partir desta quinta feira, 11 de novembro, aos artistas e apreciadores da arte de Americana mais um curso gratuito. Desta vez o ator, diretor e professor de teatro Marcelo Porqueres comanda o Curso “A imaginação no trabalho do ator”, em seis episódios.

O curso será disponibilizado gratuitamente para moradores de Americana que se inscreverem no site do Fábrica das Artes, mas também estará disponível para os demais interessados pelo valor de R$ 39,90. Clique aqui para fazer a inscrição.

A criação do projeto Artes Online é uma iniciativa do Núcleo de Cursos do Fábrica das Artes e surgiu durante a pandemia de Coronavirus. O projeto foi contemplado pela lei Aldir Blanc em 2020 com recursos oriundos do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, através da Secretaria Municipal de Cultura de Americana, via Conselho Municipal de Cultura – Concult.

Veja também: GTT estreia dia 20, O Fantasma da Roça

A Imaginação no Trabalho do Ator e de Atriz

O Curso “A imaginação no trabalho do ator e de atriz” é voltado tanto para atores e atrizes, como arte-educadores e pessoas que nunca tiveram contato com a arte de atuar. A abordagem se dá a partir da imaginação, um elemento no estudo do trabalho de atuação de Constantin Stanislavski, tanto no Teatro, como no Cinema.

“O estudante estará desenvolvendo através de exercícios práticos a sua imaginação como elemento de criação para uma cena, usando dispositivos presentes na criação de um personagem. Percebendo qual a diferença de uma atuação do Teatro e no Cinema”, revela Marcelo Porqueres.

Se você vai seguir essa arte, logo descobre que o corpo do ator é o meio mais importante de comunicação. Nenhuma máquina substitui o ator ou atriz em cena. Pois o ator e a atriz têm o domínio da fala, do olhar e de seu corpo como instrumento total. E o jogo de cena quando interage com outro ator.

Existem vários métodos que um ator pode usar na criação dos personagens. Neste curso estaremos abordando uma das nossas ferramentas de trabalho mais potente; a imaginação.

Serviço
Curso Online
A Imaginação no Trabalho do Ator e de Atriz
Professor responsável – Marcelo Porqueres
Inscrições de 11 a 25 de novembro de 2021
Curso de 26 de novembro a 2 de dezembro
Gratuito para residentes em Americana
Clique aqui para fazer a inscrição

Fábrica oferece curso de formação e capacitação em políticas públicas culturais

0
Marcos Pardim - especialista em Políticas Públicas Culturais

A Associação Espaço Cultural Fábrica das Artes em parceria com Instituto Iddeia Cultura e Pesquisa promove de 29 de novembro a 7 de dezembro curso de formação e capacitação em políticas públicas culturais, com foco na relação da sociedade civil com a Gestão Pública. A Cultura Brasileira legitimada e reconhecida de baixo para cima. Uma reflexão sobre como o pacto federativo se comportou, comporta e pode se comportar na busca por caminhos e horizontes.

Saiba mais sobre o instituto Iddea clicando aqui

O curso, via plataforma zoom, será ministrado por Marcos Pardim (sócio proprietário da MP Consultoria & Arte, graduado e pós-graduado em Gestão Pública com especialização em Políticas Públicas Culturais) e Antonio Carlos Pedro (Secretário-Geral do Instituto Iddeia Cultura e Pesquisa), a iniciativa conta com apoio e a chancela da Universidade de São Caetano do Sul) e fornecerá apostila e certificado com mínimo de 75% de frequência.

Vagas: 40 

Carga Horária: 15h

Dias do curso: 29, 30/11, 02, 06 e 07/12, às 19h

Público-Alvo: Gestores Públicos de Cultura / Conselheiros Municipais de Cultura / Classe Artística/ Estudantes.

Ementa do Curso: A Cultura cumpre um papel relevante em vários aspectos na construção de uma Nação, seja na construção de sua identidade enquanto país, seja na forma como é vista e analisada externamente. No começo deste século XXI, o Brasil obteve relevância internacional na temática das políticas públicas para o campo das culturas. Foi, inclusive, signatário da Convenção Sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, ratificada na cidade de Paris, em 2005. Debateu, idealizou, formulou e experimentou uma série de ações, programas, projetos e leis que sinalizaram a possibilidade de uma institucionalidade cultural. A reflexão sobre como o pacto federativo se comportou, comporta ou pode se comportar neste processo de construção política é uma forma privilegiada para pensar sobre como podemos sair do lugar aonde viemos dar e onde estamos.

Aula 1: A política cultural que emergiu na redemocratização

Aula 2: As cidades, seus equipamentos públicos de Cultura e a fruição como modelo de relação

Aula 3: O papel do estado na quebra do paradigma do mercado como monopólio

Aula 4: Sistema Nacional de Cultura, experimentos, indicadores e análise

Aula 5: A importância dos municípios e suas formas de inter-relações nas políticas.

As inscrições custam R$75,00 (setenta e cinco reais) e podem ser feitas por meio da plataforma www.iddeia.org.br/cursos , via Pix > chave 05195780000196 ou PagSeguro ou Paypal

Mais informações 19 – 98838-1990

Comédia com tema político é atração no Fábrica

0

Em tempos de pandemia, inflação, desemprego, e muitas incertezas, um tema está sempre em alta: a ética na política. É pensando nisso que a Companhia Peripatéticos, de Americana, está de volta ao palco do Fábrica das Artes com o consagrado Ética 10, um espetáculo que aborda de maneira inteligente e cômica a corrupção na política. As apresentações ocorrem nos dias 30 e 31 de outubro, sábado e domingo, às 19 horas. O ingresso é o Ticket Cultura, modalidade de ingresso onde o espectador decide o valor que deve ser pago. 

Lembrando que devido à pandemia do Covid-19, o público será reduzido a 50% da capacidade do espaço. Será obrigatório o uso de máscaras durante o espetáculo, assim como medidas sanitárias de distanciamento, higienização e medição de temperatura na entrada do Fábrica.

Ator Sergio Costa em cena da Peça Ética 10 da Cia Peripatéticos

Ética 10

Utilizando-se de discursos proferidos por políticos brasileiros, Ética 10 fala do sentimento de indignação com o nível de corrupção na política e traça um panorama do político brasileiro, a partir da obra de Francis Bacon. O espetáculo estreou em 2009, com direção de Odair Vedovato e conquistou o público com seu humor sarcástico. A partir de 2019 a montagem tem nova roupagem, com textos atualizados e direção de Marcelo Porqueres.

O público acompanhará as várias facetas de um senador. “A peça mostra a vida desse político na esfera pública, privada, real e surreal na tentativa de captar o que essencialmente sobra do ser humano ao longo desse processo. Utilizando-se da comédia para ilustrar as situações, as cenas mostrarão o envolvimento lícito e ilícito, todo o jogo político de negociações, alianças, favorecimentos e impedimentos que caracterizam os trabalhos de um político desonesto.

Veja também: Fábrica oferece curso on line, gratuito 

Sobre o grupo

O grupo Peripatéticos iniciou seus trabalhos em Americana no ano de 2000 com o nome de Grupo Teccu. Entre 2000 e 2004 a companhia apresentou o espetáculo “O Dedo e o Medo”. Com ele o grupo participou de uma mostra de teatro local e do festival de Teatro de Americana. O último trabalho do grupo foi a performance “TV Doidão”, apresentado no Fábrica das Artes em 2004. A partir de 2009 o grupo assume nova identidade e novo nome e pretende com o espetáculo “Ética 10” retomar o caminho da dramaturgia. Em 2011 o Grupo monta o espetáculo “Snaporaz”.Em 2017 o grupo monta a peça “De cenouras e Macacos” onde ganhou vários prêmios em festivais.

Serviço:
Teatro Adulto – 14 anos
Ética 10
30 e 31 de outubro 2021
Sábado e domingo – 19h
Ingressos Limitados – Ticket Cultura (O espectador decide o valor)
Fábrica das Artes – Rua Cícero Jones 146 – Americana.
Informações 19 99622-3054 / 99191-7418

FABRICA OFERECE CURSO ON LINE, GRATUITO

0

O Fábrica das Artes está disponibilizando a partir desta terça feira, 19 de outubro, aos artistas e apreciadores da arte teatral, residentes no município de Americana, uma ótima oportunidade de mergulhar no universo dos roteiros, histórias e dramaturgias, voltadas ao teatro.

Através do seu projeto “Artes Online”, contemplado pela Lei Aldir Blanc em 2020, o Fábrica está disponibilizando o curso Como Escrever Roteiros, Histórias e Dramaturgias, ministrado por Bruno Cardoso e Luciana Mizutani. 

O curso é composto por sete episódios, aborda a escrita de roteiros, histórias e dramaturgias, de forma totalmente online, com base nos estudos da Jornada do Herói, conceito criado pelo especialista em mitologia, Joseph Campbell e posteriormente difundida em Hollywood pelo revisor de roteiros Christopher Vogler.

Veja também: Cartas para Josephine estreia no Fábrica

O curso será disponibilizado gratuitamente para moradores de Americana que se inscreverem no site do Fábrica das Artes, mas também estará disponível para os demais interessados pelo valor de R$ 39,90. A criação do projeto Artes Online é uma iniciativa que surgiu durante a pandemia, e possibilita ao espaço cultural Fábrica das Artes ampliar o acesso aos seus cursos, que tiveram suas aulas paralisadas durante este período. Ao adquirir o curso o aluno estará contribuindo para que o espaço siga realizando suas atividades formativas e culturais na cidade de Americana, na qual é referência para o público e artistas. Clique aqui para fazer a inscrição.

Ao final do curso o aluno será convidado a criar um enredo aplicando as etapas apresentadas no curso, que une os estudos de dois artistas: Bruno Cardoso em sua trajetória como artista da cena e escritor, e na pesquisa acadêmica de mestrado de Me. Luciana Mizutani pelo programa de pós-graduação em Artes da Cena do Instituto de Artes da Unicamp.

O projeto foi realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, e terá inscrições abertas para moradores de Americana de 19 de outubro a 02 de novembro, com realização de 03 a 11 de novembro. A data de lançamento para os demais interessados será no dia 03 de novembro.

FÁBRICA OFERECE CONTRAPARTIDA DA LEI ALDIR BLANC

0
Espaço Cultural Fábrica das Artes
Espaço Fábrica das Artes é reconhecido como Ponto de Cultura pela Secretaria de Estado da Cultura

A Associação Espaço Cultural Fábrica das Artes de Americana, torna público a abertura de edital para ocupação  da sala de espetáculos da Instituição para artistas de Americana e região em contrapartida ao projeto aprovado pelo edital Paulinho de Oliveira – Chamamento para apresentações de projetos culturais – Lei Audir Blanc – Inciso III. 

O edital prevê contemplar 5 grupos de teatro para utilização gratuita, nos finais de semana, para realização de atividades inerentes a sua arte, como ensaios, oficinas, seminários, apresentações etc. Todas as atividades contarão com a disponibilização da infra estrutura do Fábrica, como palco, iluminação, som e internet. Por conta das restrições impostas em decorrência da pandemia de coronavirus, atividades com presença de público, somente serão admitidas quando autorizado pelas autoridades Municipais da Saúde.

O Período de inscrição para participar do Edital será de 08 a 20 de setembro de 2021, por meio de formulário próprio disponibilizado pela Associação Fábrica das Artes. Somente coletivos teatrais da cidade de Americana e Região poderão participar do edital. Serão selecionados 5 grupos, com direito a 2 dias de utilização gratuita (sábado e domingo), de acordo com a agenda do Fábrica das Artes.

Cada grupo poderá inscrever no máximo um pedido de locação, enviando para comissão organizadora a ficha online de inscrição devidamente preenchida, caso a solicitação seja para apresentação de espetáculo, deverá informar a ficha técnica, proposta de encenação, duas fotos da cena (com boa resolução), autorização da SBAT ou do autor e currículos do grupo e do diretor e o link no youtube com um trecho do espetáculo, para divulgação no site e redes sociais. 

Veja também: Fábrica prepara retomada das atividades presenciais

Caso o número de pedidos de locação, durante o período de inscrição seja inferior ao número de vagas disponibilizado, o Fábrica poderá prorrogar o prazo de inscrição, abrir espaço para artistas das cidades vizinhas, e em último caso, reduzir o número de locações, sem que isso implique em prejuízo a Associação Espaço Cultural Fábrica das Artes.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO

Caso o número de inscritos seja maior que o número de vagas disponíveis (cinco),  uma comissão nomeada pelo Fábrica das Artes fará a seleção dos grupos contemplados, seguindo  os seguintes critérios de seleção:

1 –  Grupos de Americana – Grupos da cidade de Americana terão preferência a fim de incentivar a cena cultural e artística do Município.

2 – Relevância do projeto – Será priorizado projetos que beneficie o público local e/ou artistas envolvidos com a arte teatral, como apresentações, oficinas, seminários etc.

3 – Ordem de inscrição –  Em caso de mais que um grupo disputando a vaga e em condição de empate nos critérios 1 e 2, será contemplado o grupo que realizar a inscrição primeiro.

O Fábrica possui um palco com 9,50m de largura por 6,9m de profundidade(sem roupagem cênica) – Pé direito de 3,90m com 3 varas de luz e duas de cenários – fixas, conforme planta abaixo.

FÁBRICA PREPARA RETOMADA DAS ATIVIDADES PRESENCIAIS

0

Ainda de forma tímida, o Fábrica das Artes prepara para o mês de outubro de 2021 a retomada das atividades presencias no espaço. Uma reunião da diretoria do Fábrica na última semana definiu os critérios para receber o público em atividades artísticas, que estão paralisadas desde o início da pandemia em março de 2020.

Fachada do Fábrica das Artes – Americana Mostra 2018

A primeira atividade aberta ao público será no dia 09 de outubro, um sábado a noite, e será comandada pelo GTT – Grupo Teatral Ta’lento, mantenedor do Espaço Fábrica das Artes. Ainda não está definido o que será apresentado ao público, nem qual público estará presente. A ideia é que a atividade conte com a presença de todos os membros do Grupo que se sentirem seguros,  além de convidados (representantes de outros grupos, e pessoas significativas para o espaço), respeitando-se o limite de pessoas que o plano municipal determina, observando-se o distanciamento necessário, uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel e medidor de temperatura.

Veja também: Fábrica oferece oficina para Atuação em espaços alternativos.

A partir de 16 de outubro o Fábrica estará disponível para grupos parceiros ocuparem o espaço, observando-se os critérios de segurança impostos pelas autoridades municipais, e respeitando-se a ordem de inscrições definidas por um edital criado pela entidade, para selecionar grupos parceiros na ocupação do Fábrica.

O Fábrica tem recebido consultas frequentes de grupos e artistas, da cidade e região, interessados em utilizar o espaço ainda em 2021. O próprio GTT deverá ocupar a agenda do espaço com o seu novo espetáculo, a comédia Caipira O Fantasma da Roça, que está sendo remontada para comemorar os 25 anos da companhia e os 20 anos do Fábrica. A estreia está prevista para novembro de 2021.

“Ainda não há segurança necessária para a reabertura completa do Fábrica e de nenhum ambiente com presença de público, mas isso tem que acontecer em algum momento, ainda que de forma gradual, para que se tenha a garantia da sobrevivência, não somente do espaço, mas da arte como um todo”, revela Carlos Justi, atual presidente da Associação Fábrica das Artes.

NOVA OFICINA NO FÁBRICA

0

Depois de um longo e tenebroso inverno viral, o Fábrica das Artes dá o primeiro passo para uma possível retomada das atividades culturais do espaço, que encontra-se fechado desde março de 2020. A partir de agosto,  o Fábrica disponibiliza para o público uma atividade especialmente preparada para esse momento de transição que estamos passando, a Oficina Montagem “Atuação em Espaço Alternativos”, que prevê uma montagem cênica para ser apresentada ao público no final dos trabalhos, em dezembro.

Comandada pelo professor Bruno Cardoso, a oficina têm início no dia 07 de Agosto e sua finalização em 11 de dezembro de 2021 com uma apresentação em espaços ao ar livre. As aulas serão híbridas, presenciais e online, e a apresentação do experimento cênico será realizado nas ruas da região central de Americana. 

A oficina pretende apresentar outras possibilidades para a criação de narrativas, entendendo as plataformas e espaços como parte integrante da criação de experiências artísticas únicas. Os alunos aplicarão os conceitos na prática, montando um espetáculo ao ar livre, que terá como referência o conto “Aqueles que se Afastam de Omelas”, no qual o público é participante ativo da história. Todos estão em busca de Omelas, um lugar perfeito, mas que esconde um terrível segredo. O conto é da escritora estadunidense Ursula K. Le Guin.

Os interessados em participar da oficina tem até o dia 30 de julho para fazer sua inscrição. O valor para participar do experimento é 100 reais mensais. Clique AQUI para fazer a sua inscrição. 

Mais informações através do WhatsApp: (19) 97110-5257 – ou clique AQUI para abrir a conversa de Wattsapp.

OFICINA | COMPOSIÇÃO CORPORAL CÊNICA

0

Inscrições abertas para a oficina de Composição Corporal Cênica com a orientadora Luciana Mizutani.

Aulas toda terça-feira, das 19h às 21h.
De 23 de Fevereiro à 27 de Abril.

Sinopse

Oficina que propõe o desenvolvimento da compreensão e da investigação da composição cênica, a partir do corpo realizando ações, gestos e movimentos ampliando as possibilidades expressivas.

Inscreva-se aqui.

PERÍODO

Este curso do Fábrica tem início das aulas na última semana de fevereiro, as terças-feiras(23 de fevereiro à 27 de Abril) de forma virtual, com um encontro semanal de duas horas.

QUANDO COMEÇA

Aulas toda terça-feira, das 19h às 21h.
De 23 de Fevereiro à 27 de Abril.

INVESTIMENTO

3 parcelas de R$130,00 = R$390,00

Pessoas comprovadamente em dificuldade financeira, podem se cadastrar no programa de bolsas que oferece descontos na mensalidade que é de até 50% do valor. Entre em contato com a secretária, para fazer a opção pela bolsa e terá que preencher alguns formulários para comprovar a necessidade do desconto. Após análise de uma comissão nomeada pelo Fábrica, você poderá conseguir o benefício.

Inscreva-se aqui.

FAQ


1 – A quanto tempo existe os cursos do Fábrica?
R – Desde 2004. Já foram formados mais de 1.000 alunos.

2 – Quem ministra as aulas?
R. São atores e diretores com larga experiência em teatro, vinculados ao Fábrica das Artes e convidados de outras companhias teatrais da cidade.

3 – O Curso é gratuito?
R – Não. O Fábrica é uma instituição privada necessitamos cobrar dos alunos para remunerar professores e manter o espaço em funcionamento. Por isso, praticamos uma taxa mensal de R$ 130,00, porém se o aluno pagar em dia, ele tem um desconto especial de R$ 30,00, pagando apenas R$ 100,00.

4 – O Fábrica oferece bolsas de estudos?
R – Sim. Pessoas comprovadamente em dificuldade financeira, podem se cadastrar no programa de bolsas que oferece descontos na mensalidade que vão até 50% do valor. Entre em contato por whatsapp com a secretária, para fazer a opção pela bolsa e terá que preencher alguns formulários para comprovar a necessidade do desconto. Após análise de uma comissão nomeada pelo Fábrica, você poderá conseguir o benefício.

5 – O Curso é profissionalizante? Emite DRT?
R – Não. É um curso livre (não profissionalizante). Emitimos aos que concluírem o curso um certificado de participação.

6 – Quantos alunos por turma?
R – No máximo 30 alunos.

7 – Os alunos participam de montagens teatrais virtuais?
R – Sim. Os alunos vão participar de um experimento aberto ao público.

8 – Se eu não quiser participar do espetáculo, como faço?
R – Ninguém é obrigado a participar do espetáculo. Cada aluno decide se participa ou não. Normalmente todos participam e curtem a experiência.

9 – Como faço a inscrição para o Curso Livre de Teatro do Fábrica?
R – Você pode fazer neste site. Logo abaixo há um link com a ficha de inscrição para ser preenchida.

10 – Até quando posso fazer a inscrição para o curso Livre de teatro do Fábrica?
R – Exclusivamente pelo site até o final de julho. 

12 – Há alguma taxa de inscrição?
R – Não. A inscrição é gratuita. Você só paga a mensalidade no ato da matrícula, no primeiro dia de aula.

13 – Quando será o primeiro dia de aula?
R – A primeira aula será dia 23 de Fevereiro de 2021(Turma de Terça) e 27 de Fevereiro de 2021(Turma de sábado).

Turma 1 – EXPERIÊNCIA VIRTUAIS  (alunos a partir de 8 anos)
Reuniões todos os sábados 10h ao 12h.

Ainda tem dúvidas?

Se sim, entre em contato por whatsapp:  (19) 97110.5257 – Juliana Gobbo

Teremos prazer em te atender.
Não tenho mais dúvida, quero fazer minha inscrição agora.

Inscreva-se aqui.

FÁBRICA ABRE NOVOS CURSOS 2021

0

O Fábrica das Artes está com as inscrições abertas para os novos cursos da entidade, sobre introdução e prática acerca das variadas vertentes da atuação. Com aulas on-line e práticas. Inscreva-se!

OS CURSOS SÃO PARA VOCÊ!!

Qualquer pessoa pode fazer esses cursos, não é necessário ter experiência anterior. A única exigência é que a pessoa seja alfabetizada, os cursos abrirão vagas para adultos, jovens, adolescentes e crianças a partir de 10 anos.

Com metodologia simplificada e objetiva os “Cursos do Fábrica” visa trazer novas experiências para os seus alunos, independente da idade e dos objetivos finais de cada um. Com isso, não apenas o jovem que sonha com a carreira de artista tem o seu espaço, mas todos que queiram utilizar-se de técnicas para melhorar sua comunicação pessoal. Professores, empresários, profissionais liberais e demais profissões que utilizam a comunicação em seu trabalho, podem contar com esse serviço do Fábrica.

Espaço Cultural Fábrica das Artes

Quebrar as barreiras da timidez, através da elevação da auto-estima, faz parte do método que adotamos para tornar pessoas mais preparadas, não apenas para arte, mas acima de tudo, para a vida.

Os Cursos do Fábrica acontecerão de formas online e com aulas práticas(híbridas até podermos voltar totalmente com as aulas presenciais) , contando com 2 cursos a cada bimestre(Terças-Feiras e Sábados) com 2 horas de duração cada, ministrados pelos professores do Fábrica das Artes, com aulas semanais.

Ao término dos 2 cursos, abriremos inscrições para novos cursos, devido a demanda, para que você possa continuar novas experiências conosco, que será ministrado por outros professores, respeitando nesse processo o número mínimo de vagas e faixa etária indicado para cada um deles. Estes cursos culminarão em experimentos abertos ao público no final de cada um.

Você aluno, terá a oportunidade de aplicar todos os conhecimentos adquiridos durante as aulas, independente do curso escolhido.Você pode optar por fazer os dois cursos ao mesmo tempo.

1.Oficina de “Composição Corporal Cênica”

com Luciana Mizutani

Aulas toda terça-feira, das 19h às 21h
De 23 de Fevereiro à 27 de Abril

Sinopse

Oficina que propõe o desenvolvimento da compreensão e da investigação da composição cênica, a partir do corpo realizando ações, gestos e movimentos ampliando as possibilidades expressivas.

Inscreva-se aqui.

2. “A Cena em Realidade Alternativa”

com Bruno Cardoso

Aulas todo sábado, das 10h ao 12h
De 27 de fevereiro a 01 de Maio

Sinopse:

A oficina pretende apresentar outras possibilidades para a criação de narrativas, entendendo as plataformas como parte integrante da criação de experiências artísticas únicas. Os alunos aplicarão os conceitos na prática, criando um jogo cênico de realidade alternativa como finalização da oficina.

Inscreva-se aqui.

PERÍODO

Os Cursos do Fábrica tem início das aulas na última semana de fevereiro, as terças-feiras(23 de fevereiro à 27 de Abril) e aos sábados (27 de fevereiro à 1 de maio) de formas online e com aulas práticas(híbridas ate pudermos voltar totalmente com as aulas presenciais) , contando com 2 cursos a cada bimestre . São 2 atividades a cada bimestre começando com o mínimo de vagas abertas, com um encontro semanal de duas horas.

Ao término dos 2 cursos, abriremos inscrições para novos cursos, devido a demanda, para que você possa continuar novas experiências conosco, que será ministrado por outros professores, respeitando nesse processo o número mínimo de vagas e faixa etária indicado para cada um deles. Esses cursos culminarão em experimentos abertas ao público no final de cada um.

QUANDO COMEÇA

Turma 1 –Reuniões todos os sábados 10h às 12h. (27 de fevereiro)
Turma 2- Reuniões todas as terças das 19h às 21h. (23 de fevereiro)

INVESTIMENTO

3 parcelas de R$130,00 = R$390,00

Pessoas comprovadamente em dificuldade financeira, podem se cadastrar no programa de bolsas que oferece descontos na mensalidade que é de até 50% do valor. Entre em contato com a secretária, para fazer a opção pela bolsa e terá que preencher alguns formulários para comprovar a necessidade do desconto. Após análise de uma comissão nomeada pelo Fábrica, você poderá conseguir o benefício.

Inscreva-se aqui.

A GAROTA QUE GUIAVA TRENS – Espetáculo gratuito, no Fábrica.

0

A Garota que guiava trens, no de repente de uma tragédia sem tamanho”, é um espetáculo de bonecos híbridos, produzido pela Cia A DitaCuja de Ribeirão Preto e estará no Fábrica das Artes, no domingo, 17 de março, as 19h. O ingresso é o Ticket Cultura (Modalidade de ingresso onde o público decide se quer pagar e o quanto deve ser pago).

O espetáculo que foi produzido com recursos do Edital Proac 2023 – Circulação de Espetáculos Teatrais do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa, narra a história de uma personagem cansada da rotina e que se vê forçada a mudar a partir de uma tragédia inesperada.

Veja Também – Fábrica das Artes e Cia A DitaCuja oferece oficina “Bonecando – Introdução ao Teatro de Animação”

Criado a partir de histórias recolhidas durante uma viagem da Cia. A DitaCuja ao longo de uma das últimas linhas férreas do Brasil a manter o transporte diário de passageiros — a Estrada de Ferro Vitória a Minas —, o espetáculo traz à tona a relação das cidades e seus moradores com o impacto provocado pelas grandes empresas da região, tanto no seu desenvolvimento quanto na história recente do Rio Doce e os acidentes ambientais que mudaram não só a paisagem, mas as cidades do entorno.

Na obra, uma jovem maquinista de trem segue a profissão “herdada” de várias gerações de mulheres da família e se questiona sobre os trilhos do seu destino enquanto segue sua rotina, encontrando figuras marcantes pelo caminho.
Um acontecimento inesperado, no entanto, muda o curso da sua história e de todos pelo caminho.

Espetáculo crítico, “A Garota que guiava trens, no de repente de uma tragédia sem tamanho” convida todos à reflexão. “Abordar temas críticos num espetáculo teatral é extremamente agregador, faz diferença, principalmente para a juventude, ainda em processo de formação intelectual, vivendo o momento de começar a olhar para o contexto social em que está inserido. Quem desenvolve a habilidade de filtrar o que recebe de fora, a partir de uma ótica mais humanista, com princípios éticos e de diversidade, torna-se capaz de posicionar-se ante à vida em sociedade e protagonizar sua própria história. Esse é o papel do teatro, esse é o nosso trabalho”, diz a atriz e dramaturga Monalisa Machado.

Integram o elenco também: Michelle Maria, Rafa Touso, Monalisa Machado e Tânia Alonso, que também assina a direção junto com Flávio Racy. A trilha sonora foi criada por Guilherme A.B.C. Ishie, os figurinos são assinados por Zezé Cherubini e a cenografia e desenho de luz são criação de Flávio Racy. A produção executiva é de Bárbara Monsignore e Flávio Racy, assessoria de imprensa e redes de Michelle Maria e Tatiana Constantini, produção geral de Subverta Ateliê de Criação, Produção e Comunicação e apoio e produção local da Fábrica das Artes.

A PESQUISA
A montagem foi teve início com uma viagem ao longo de uma das últimas linhas férreas do Brasil a manter o transporte diário de passageiros, a Estrada de Ferro Vitória a Minas, que conduz cerca de 3 mil passageiros por dia ao longo do Rio Doce em Minas Gerais e Espírito Santo.

O objetivo dessa viagem foi ouvir e colher histórias ao longo do caminho de ferro. Os municípios visitados durante a viagem para a pesquisa de campo foram: Belo Horizonte – MG; Periquito – MG; Conselheiro Pena – MG; Barão de Cocais – MG; Timóteo – MG; Baixo Guandu – ES e Vitória – ES, cada qual com sua particularidade em termos históricos, geográficos, culturais e econômicos. Em cada cidade, os atores do projeto, que também são contadores de histórias, realizaram encontros com os moradores da cidade, recolhendo histórias, encontrando personagens e buscando inspirações a partir das suas relações com a ferrovia.

A pesquisa de campo trouxe à tona a relação das cidades e seus moradores com o impacto provocado pelas grandes empresas da região tanto no seu desenvolvimento quanto na história recente do Rio Doce e os acidentes ambientais que mudaram a paisagem do seu entorno e das cidades que seguem seu caminho, estabelecendo o eixo condutor da obra, uma tragédia sem tamanho que acontece ao longo do caminho da protagonista, uma maquinista de trem que é retirada de sua rotina e acaba mudando a sua visão de mundo.

CIA A DITACUJA E OS BONECOS HÍBRIDOS

Em seus mais de 17 anos de atividade, a Cia A DitaCuja sempre criou espetáculos a partir de pesquisas temáticas, de linguagens e dramaturgia própria, baseadas em processos criativos que deram origem a obras infantis, adultas, de ocupação, de palhaçaria e para a rua.
Simultaneamente, o grupo desenvolve pesquisas em performance e teatro de animação, a partir do teatro lambe-lambe, teatro de sombras e agora também com o boneco híbrido, utilizado no espetáculo.
Nesta técnica teatral, o ator é manipulador de um boneco que se mistura ao seu próprio corpo — em um ato de simbiose — dando forma à performance com elementos de ambos misturados. No jogo do espetáculo, boneco e elenco misturam-se em um hibridismo que começa no corpo e transcende percepções.

Serviço:
Teatro Adulto – 12 anos
“A Garota que guiava trens, no de repente de uma tragédia sem tamanho”
17 de Março – domingo 19h
Informações: 19 – 98838.1990 / (16) 98252.5711  

OFICINA GRATUITA – BONECANDO – INTRODUÇÃO AO TEATRO DE ANIMAÇÃO

0

Aproveitando a passagem por Americana, a Cia A DitaCuja, de Ribeirão Preto, em parceria com o Fábrica das Artes realiza a oficina “Bonecando – Introdução ao teatro de animação”. São oferecidas 20 vagas, e o critério de seleção é a ordem de inscrição.

Destinada a interessados em geral e praticantes das artes cênicas acima de 12 anos de idade, a oficina tem por objetivo proporcionar uma experiência no universo do teatro de animação. O evento acontece no domingo, 17 de março, das 14 às 16h e é gratuito. Clique aqui para fazer a inscrição gratuita.

A partir de exercícios práticos os participantes terão contato com as técnicas bases para manipulação de bonecos e criação de cenas de teatro de animação. A oficina foi idealizada a partir da própria vivência do grupo com exercícios e jogos praticados em sala de ensaio.

Veja também: A Garota que guiava trens – Espetáculo gratuito – No Fábrica das Artes.

SERVIÇO
Oficina – Bonecando – Introdução ao Teatro de Animação.
Domingo, 17 de março, das 14 às 16h – No Fábrica das Artes.
Gratuito
Informações
Michelle Maria – (16) 98252-5711 (Whatsapp)
contato@subvertaatelie.com.br ou
(19) 98838-1990

CIA JK VOLTA AO FÁBRICA COM ESPETÁCULO “NA PRAÇA DA CILADA: A TRAMA DA MORTE MORRIDA

0

A Cia JK volta aos palcos do Fábrica das Artes com novo espetáculo.

“Na Praça da Cilada: A Trama da Morte Morrida” conta a história de Dario e um evento peculiar que ocorreu com ele. Trata-se de uma comédia em que, após Dario sofrer um colapso misterioso na rua, um grupo de personagens excêntricos e desajeitados tenta ajudá-lo, mas suas ações e interpretações errôneas geram uma série de situações cômicas e surpreendentes. Com diálogos engraçados e uma rede de conexões peculiares, a trama leva os personagens a confrontarem as complexidades da comunicação humana e a explorarem a verdade por trás das interpretações peculiares.

A peça acontece nos dias 04 e 05 de novembro, sempre às 20h no Fábrica das Artes.

Os ingressos antecipados e a meia entrada saem por R$15,00. Os interessados devem entrar em contato com o telefone +55 19 97826‑7767 para aquisição de ingressos e maiores informações.

FICHA TÉCNICA:

Direção: Matheus Paulella
Elenco: Luiza D’Orazio, Rayane Nunes, Raiane Garcia, Jeff Fritsh, Ana Carol, Luca e Rafa Couto, Mariane Silva, Isa Maria e Vitória Silva
Cenário: Cia Jk
Designer: Vinicius D’Orazio
Dramaturgia: Math Paulella e Elenco
Coreografia: Math Paulella

OFICINA: ONDE ESTÁ O TEATRO?

0

O Fábrica das Artes recebe nos dias 28 e 29 de outubro a oficina Onde está o Teatro?, com o ator e diretor Tiago Luz. São dois encontros de quatro horas cada, das 14h às 18h, destinado à pessoas maiores de 16 anos, com ou sem experiência teatral. O investimento para participar da oficina é de 60,00 – Alunos de teatro e artistas da cidade pagam 30,00 – Clique aqui para fazer a inscrição – Informações pelo Whatsapp do Fábrica 19 3645-1990

A proposta para essa oficina é refletir, através de leituras breves e exercícios práticos, aspectos do fazer teatral, experimentando os lugares e os espaços da cena e do público como estímulos para ampliação da experiência cênica.

“Como artista de teatro tenho percebido, buscado e encontrado o teatro de muitas formas e diferentes possibilidades. Quando recebi o convite para dar esta oficina, fiquei contente com a oportunidade de olhar para a minha trajetória dentro de fora do GTT (Grupo Teatral Ta’lento) e do Fábrica das Artes, resgatando pensamentos, práticas, dúvidas e sonhos que o fazer teatral despertou em mim e segue me proporcionando, como artista e como pessoa”, comenta Tiago Luz.

“E se “o mundo inteiro é um palco”, como disse Shakespeare, nesta oficina eu te convido a lançar um olhar sobre onde está o teatro de ontem, de hoje e de amanhã”, finaliza Tiago.

Tiago Luz
Ator e Diretor de Teatro, Tiago Luz é Mestre em Artes Cênicas e artista da cena pela USP (Universidade de São Paulo). De 1998 a 2003 integrou o elenco do GTT – Grupo Teatral Ta’lento, atuando na Companhia nos espetáculos “O Julgamento”, Édipo Rei” e “Makura Jido” e “O Principe”. Tiago dirigiu o grupo nos espetáculos “Errantes – Título provisório” e “Um retrato das 3 irmãs”

LINK PARA INSCRIÇÃO: https://forms.gle/nZTvjyZEq4z53bw29

SERVIÇO:
Dias 28 (sábado) e 29 (domingo) de outubro de 2023.
Das 14h as 18h

Pagamento via pix – chave CPF: O32.186.176-00
Tiago Luz de Oliveira

Espaço Cultural Fábrica das Artes
Rua Dr. Cicero Jones, 146, Americana/SP

CIA DA ENTROPIA CHEGA AO FÁBRICA COM RETALHAÇÕES – UM TALHO NO TEMPO

0

Chega a Americana (SP), neste final de semana, o espetáculo Retalhações – Um Talho no Tempo, com entrada Franca. Uma proposta cênica potente que, ao misturar teatro, poesia e vídeo, convida o público a refletir sobre a violência de gênero e as amarras invisíveis que, ainda hoje, aprisionam as mulheres em papéis e expectativas limitadas.

Aprovado com recursos do Programa Ação Cultural (ProAC 01/2022), da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, a peça é uma realização da Cia da Entropia, de São José dos Campos, e tem o apoio gestor da Cooperativa Paulista de Teatro. Serão duas apresentações gratuitas na cidade. Uma no sábado (14) e outra no domingo (15), sempre às 20h, ambas na Fábrica das Artes, que fica na rua Cícero Jones, 146, Vila Rehder. Mas, atenção: os ingressos são limitados. Reservas antecipadas devem ser feitas pelo telefone (19) 3645-1990. A orientação é chegar uma hora antes do espetáculo para retirar o ingresso. Reserve já o seu.

O espetáculo “Retalhações – Um Talho no Tempo” é uma peça teatral provocativa, que se desenrola através das vozes entrelaçadas de três narradoras que abrem janelas para as vidas de mulheres diversas, cada uma com sua própria jornada de desafios, resistência e empoderamento. Uma tessitura de histórias que revelam as experiências vividas e interligadas de mulheres lutando contra as correntes da opressão. O espetáculo revela os cárceres e as feridas infligidas pelo patriarcado ao mesmo tempo em que celebra a resiliência e a determinação das mulheres.

“A peça é resultado de um processo de pesquisa sobre os diversos cárceres femininos criados pela estrutura de uma sociedade machista e patriarcal. Um processo de estudo para ajudar a criar um talho poético na casca dura de nossa cultura que sustenta a opressão e a discriminação de gênero. O projeto propõe um mergulho em questões sensíveis ao universo feminino, organizando teatralmente um panorama complexo na qual são elaborados os pequenos e os grandes traumas talhados na alma da maioria das mulheres da nossa sociedade de homens de bem”, disse o diretor, Fernando Rodrigues.

O texto, da dramaturga Rafaela Penteado, é um entremeado de emoção e sutileza, que desenha um mosaico de experiências espinhosas e sensíveis que, muitas vezes, a sociedade prefere não encarar. “Meu lugar nesse jogo foi construir um ambiente de escuta, capaz de agregar as diferentes proposições artísticas. Ora carregando, ora me deixando carregar por uma equipe inspirada e colaborativa, com todo o encanto e caos que marcam esses processos. Esperamos que o público aprove o resultado”, disse Fernando. Após a estreia em São José dos Campos, a peça vai percorrer outras quatro cidades do interior, a partir de outubro: Registro, Americana, Cubatão e Jacareí.

Cia da Entropia
A Cia da Entropia nasceu oficialmente em 2018, em São José dos Campos, da união das experiências da atriz Simone Sobreda em produção e atuação, e de Elton Dietrich, em administração e gestão financeira. A Cia da Entropia faz uso de estruturas do teatro contemporâneo, documental e narrativo para trazer em seus processos os temas sociais e políticos que impulsionam seus criadores na vida e no fazer artístico. A entropia é uma variável de estado da termodinâmica que é popularmente associada ao conceito de desordem. O nome foi escolhido, portanto, devido ao caos interno e externo que coabitam os artistas e que, a partir dessa desordem, transformam-na em arte.

SERVIÇO:
“Retalhações – Um Talho no Tempo”
Cia da Entropia – São Jose dos Campos – SP
14 e 15/10 – sábado e domingo às 20h
LOCAL: Fábrica das Artes (rua Cícero Jones, 146, Vila Rehder)
ENTRADA: gratuita
CLASSIFICAÇÃO: 12 anos DURAÇÃO: 50 minutos
RESERVA DE INGRESSOS: pelo telefone (19) 3645-199
CIA da ENTROPIA Telefones (12) 99128-0524 – Elton Dietrich (12) 99135-6249 – Simone Sobreda
CNPJ – 40.635.453/0001-09 e-mail: ciadaentropia@gmail.co

PARA CELEBRAR A VIDA: ME-MÓ-RI-A

0

Para celebrar a vida! É com essa energia que a Cia Aurora de Teatro, retorna ao palco do Fábrica das Artes, para a reapresentação do belíssimo espetáculo Me•mó•ri•a: substantivo feminino. Serão duas apresentações nos dias 7 e 8 de outubro, sábado e domingo, às 20 horas. O valor do ingresso? Você decide o quanto vai pagar.

Memórias foi criado para trazer emoção e reflexão aos palcos. A vida passa num piscar de olhos e conforme o tempo, a voz de criança é tomada por uma voz cansada e cheia de histórias, mas acreditamos que não é porque uma voz está gasta que ela precisa deixar de ser ouvida.

Passos, cores, toques de mão, olhares, cheiros, tudo faz parte das histórias por trás das três cenas, que permanecem conectadas e separadas por um único enredo: a vida.

Ficha Técnica
Produção: Cia Aurora de Teatro.
Elenco: Karoline Leão, Matheus Paulella e Fafa Gianfratti.
Trilha sonora: Rick Lupe.
Iluminação: Wemer Santana.
Técnica de Apoio e Figurinista: Adriana Brasil.

Quando
7 e 8 de outubro/23 – 20h
Fábrica das Artes – Americana
INGRESSOS NO CHAPÉU.
Informações: 19 99197-5429

PROJETO DRAMÁTICAS: LEITURA Nº 6

0

O Projeto Dramáticas do Fábrica das Artes chega a 6ª edição trazendo o Grupo Ethos e Nelson Rodrigues para o centro do debate. A iniciativa que vem despertando cada vez mais o interesse do público local acontece na sexta feira, 06 de outubro, às 20 horas, com a leitura de Valsa nº 6 de Nelson Rodrigues. A entrada é gratuita. Reservas de convites pelo Whatsapp 19 3645-1990.

Dramáticas é uma iniciativa do GTT/Fábrica das Artes, e tem por objetivo apresentar ao público leituras dramáticas de textos teatrais de autores consagrados. A primeira experiência foi com o GTT em 2022 com textos de Plínio Marcos. Na sequência veio o grupo Ethos e texto de Jean Paul Sartre. A terceira edição teve novamente o GTT com Gota D’água de Paulo Pontes e Chico Buarque. Depois foi a vez do Grupo Fínibus com textos de Sarah Kane. A quinta edição teve direção de Gonzaga Pedrosa e de textos de Samuel Beckett.

“LEITURA N° 6”
O sexto encontro tem como protagonistas o elenco do Grupo Ethos de Teatro, capitaneado pela diretora Claudia Viggiano. O grupo trás à cena o texto de Nelson Rodrigues e a história de Sônia, uma adolescente assassinada aos 15 anos de idade. Depois de sua morte, vai tentando reconstruir suas memórias e os acontecimentos de sua vida, passando por delírios e alucinações. A peça musical de Chopin, conduz a atmosfera e as revelações da razão de seu assassinato.

FICHA TÉCNICA:
Elenco:
Sônia: Taci Cortello
Vozes: Gabriel Adorno, Lucilena Porfírio, Matheus Carminatti
Direção e concepção: Claudia Viggiano
Cenografia: Claudia Viggiano
Iluminação e Som: Taylor Beltran e Gabriel Adorno
Figurino: Grupo Ethos Teatro de Americana
Arte e design: Gabriel Adorno

AGRADECIMENTOS:
Prefeitura Municipal de Americana
Fábrica das Artes
Grupo GTT
Sensually Modas
Centro Espírita Paz e Amor
Stefany Oliveira

“MENTIRA.BR: UM ESTUDO DE CASO” COLOCA A MENTIRA EM CENA E BRINCA COM VERDADE, INFORMAÇÃO E NARRATIVA

0

Qual foi a última mentira que você contou? Como se faz uma mentira? Quantas vezes uma mentira deve ser contada para se tornar verdade? Esses foram alguns dos questionamentos que impulsionaram a criação do espetáculo Mentira.Br: Um estudo de caso, que estará pela primeira vez em Americana, em apresentação única, dia 02 de setembro – sábado, as 20 horas. Ingressos à venda por 20 reais. Clique aqui para comprar o seu ingresso.

Investigando o tema por várias perspectivas, a peça convida o espectador a criar um panorama de mentiras, indo desde as pequenas que contamos casualmente, passando pelas criadas num palco até às ditas a uma nação.

“Nós vamos chorar nesta peça. E vocês vão acreditar que é verdade”, a Muvuca de Teatro jura no prólogo e brinca com o público em 23 cenas dinâmicas, mentirosas e verdadeiras. De dicas para chorar, passando por confissões e discursos à juras oficiais, as cinco pessoas em cena orquestram uma sinfonia de narrativas que coloca a mentira como dispositivo.

A partir de diferentes materiais, a muvuca investiga o tema numa linguagem cômica, informativa e performativa. O espetáculo entrelaça “dados reais, ironias, ambiguidades, ilusão, empatia, verdades e mentiras”, diz a diretora Giovanna Zottis, para expor “fatos do nosso país em uma produção cênica crítica e contemporânea”. Com dramaturgia autoral, foi o projeto de conclusão do curso de Artes Cênicas da UNICAMP em 2022 e contou, além da direção, com a interlocução artística de Lígia Souza e dramaturgismo de Alanis Mahara.

Num processo colaborativo, a muvuca, composta por Ana Fariña, Larissa Blanco, Maurício Oliveira, Pedro Ribeiro e Vinícius Zaggo, explorou a escrita em cena como forma de criação, pesquisando as possibilidades de mentir dentro e fora do palco. “O ensaio sobre a mentira é uma peça-jogo dividida em três atos, onde os atuantes elaboram questões, compõem espaços cenográficos, criam esquetes e operam tecnicamente” diz Felipe de Menezes, na apreciação ao espetáculo que esteve na programação do 28º FETESP, “além de não perderem, em nenhum momento, a comunicação interativa com as pessoas espectadoras”.

Mentira.Br: Um estudo de caso compôs ainda a programação de diferentes Festivais e possui prêmios por sua dramaturgia, cenografia e atuação em coro. Sua estreia em Americana é no espaço Fábrica das Artes, no dia 02 de setembro às 20h, e os ingressos já podem ser adquiridos.

MENTIRA.BR: UM ESTUDO DE CASO
MUVUCA DE TEATRO
@muvucateatro de Campinas/SP | Espetáculo Adulto
Dia: 02/09 – Sábado
Horário: 20h | Local: Fábrica das Artes
Endereço: Rua. Dr. Cícero Jones, 146, Vila Rehder – Americana/SP.

Duração: 80min | Classificação etária: 12+
Ingressos: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia) (disponível no site ou bilheteria física)
Informações: +55 11 95934-5227

DRAMÁTICAS RETORNA AO FÁBRICA COM “PSICOSE 4:48” DA CIA FINIBUS

0

O projeto Dramáticas retorna aos palcos do Fábrica das Artes nessa sexta, dia 28 de julho. A apresentação única acontece às 20h e a entrada é gratuita.

A Cia Finibus apresenta a leitura dramática do texto “Psicose 4:48”, da dramaturga inglesa Sarah Kane. As obras de Sarah Kane se caracterizam pela profundidade psicológica dos personagens e pela brutalidade de seus textos.

Uma leitura dramática é uma apresentação na qual os atores encenam as cenas sem que haja obrigatoriedade de que os textos estejam memorizados, ou seja, os atores estão com o texto em mãos o tempo todo.

Dramáticas é um projeto criado pelo Grupo Teatral Ta’lento, sob coordenação pedagógica do diretor Marcelo Porqueres, visando incentivar o estudo do teatro por meio de obras conhecidas.

A direção da apresentação é de Patrícia Claro e o elenco conta com Elliott de Souza, Éverton Gatti, João Nalão, Juliana Cruz e Kamila Lopes.

O Fábrica das Artes fica na Rua Dr. Cícero Jones, 146 – Vila Rehder, na cidade de Americana, São Paulo.

“A PELE DA VERDADE” ESTRÉIA NO FÁBRICA ESSE FIM DE SEMANA

0

A Companhia de Dança e Teatro JK estreia seu espetáculo “A Pele da Verdade” no Fábrica das Artes este fim de semana.

Trazendo uma combinação de dança e teatro, os alunos da Companhia de Dança e Teatro JK apresentarão o espetáculo pela primeira vez no próximo domingo, dia 23 de julho, às 20h.

O espetáculo é direcionado ao grande público, sendo indicado para maiores de 10 anos. Os ingressos saem por R$30,00 (inteira) ou R$ 15,00 (meia/antecipada). Quem tiver interesse em comprar ingressos pode entrar em contato pelo Whatsapp no número (19) 97826-7767.

SINOPSE

O espetáculo “A Pele da Verdade” traz como uma reflexão sobre as cascas que criamos, sejam elas verdadeiras ou falsas. E com isso ela deixará uma marca profunda, instigando reflexões sobre nossa própria percepção da realidade e nos lembrando que, em um mundo cheio de ilusões, é essencial questionar e desafiar constantemente o que nos é apresentado como verdade.

FICHA TÉCNICA

Direção: Matheus Paulella
Elenco: Luiza D’Orazio, Rayane Nunes, Raiane Garcia, Jeff Fritsh, Ana Carol, Luca e Rafa Couto
Bailarinas: Liv Sturaro, Rafa Levada, May Silva, Lari Vieira e Indii Gabrielly
Cenário: Ana Carol, Rafaela e Rayane
Designer/Divulgação: Ane e Jeff
Figurino: Lucas e Luiza
Dramaturgia: Math Paulella e Elenco
Coreografia: Math Paulella